among us

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Ó mãe nós agora somos chineses?

Eu falo pela cidade onde moro quanto às outras abstenho-me. Braga está a ser consumida por lojas de chineses.
Já havia uma em cada esquina, agora abrem cada vez mais e maiores. Abriu uma perto de minha casa e uma rua que era tão mas tão sossegada agora parece um circo com pessoas a atravessar a rua que nem Kamikazes e carros estacionados por cima do passeio de um lado e do outro dificultando a passagem.

Se virem uma loira agarrada ao volante literalmente aos gritos: "Seus energúmenos, até parece que estão a oferecer rebuçados, por mim ia tudo à falência, sai-me da frente ou passo-te por cima.", sou eu.

Há uns anos construíram um centro comercial junto ao maior Shopping que cá existe: o BragaParque. Falou-se que ia ser desta e daquela marca, de várias lojas, etc. mas aquilo ficou construído e fechado vários anos. E não é que aquele espaço ENORME é agora uma só loja de chineses? Eu nunca lá entrei nem tenciono entrar mas aquilo deve ser GIGANTESCO, aposto que conseguem lá encontrar até cotão à venda, tem espaço para tudo.

Ah, também construíram um Dolce Vita cuja abertura tem vindo a ser adiada há 3 anos consecutivos. Constou-se-me que foi agora comprado em mais de 50% por chineses. Não duvido nada.

Há uns dias falou-se na China pagar a dívida  toda de Portugal. Olha, se Portugal cobrasse impostos aos chineses como cobra aos portugueses desconfio que dava para pagar a dívida e nem sequer ia parecer que nos estavam a fazer um favor.

E para agravar a minha fobia ao comércio chinês (e notem que eu estou a referir-me ao comércio que arruinou as típicas mercearias tugas e não ao povo chinês em si) tive uma conversa com uma senhora que trabalha numa dessas lojas e que me disse que nem faz ideia de quanto ganha. Eles não lhe pagam direitos e vão-lhe dando dinheiro, 100€ hoje mais 100€ daqui a 15 dias, conforme lhes dá na cacueta. E diz ela que quando reclama, a resposta é sempre a mesma:

"Não quel, vai embola!"

9 comentários:

S* disse...

Não gosto dessa invasão. Nesse ponto estou totalmente de acordo contigo... é uma em cada esquina e têm grandes armazéns. Viana, felizmente, ainda não tem assim tantas... mas já são aí umas 10 na cidade. :S

Nokas disse...

Que praga!!!

Belladonna disse...

Tens razão cada vez são mais, qualquer dia veramos uma provincia chinesa.
Bjokas

M. disse...

É de Braga? Tinhas que ser...

Braga. A Roma dos chineses.

Não gosto muito. Sem xenofobia. São, na sua maioria, antipáticos. E sempre que vejo um...lembro-me do Tibete...Tienamem...Sócrates.

Até fico amarela...

Panda disse...

M.
não sou de Braga mas moro em Braga. :D

Sharon den Adel disse...

bem, eu nem te digo quantas mega stores chinesas ha na minha cidade...e lojas são ao pontape! mas eu confesso: gosto... sou viciada em lojas de chineses:S

CoisasDaGaja disse...

Concordo absolutamente! Com uma agravante, eu não gosto deles. Ou melhor, não confio neles.... E o pior é que nada do que vendem tem qualidade e comparativamente acho caro! Qualidade versus preço. Como diz o ditado: O barato sai caro!

teorianasnuvens disse...

Cambada de exploradores demoníacos..Não quero excluir ninguém, porque não sou disso mas se haveria necessidade de tratarem os trabalhadores assim? Eu é que lhe dizia o "vai embola". Iriam era para a terra deles.
Cada vez se vê mais lojas deles e o certo é que até velhotas como a minha avó (espera lá, sobretudo velhotas como a minha avó), adoram a ideia de ir ao Chinês, tudo baratinho e têm sempre o que elas procuram, enfim. Só faz com que o pequeno comercio, e qualquer dia o grande também, feche porque é impossivel concorrer assim..

Dylan disse...

Garanto-lhe que não é só em Braga...