among us

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Dicas de poupança


Não sei se já alguma vez partilhei aqui convosco como comecei a ir de férias com o meu marido. Convém explicar o nosso passado de famílias pouco abonadas, eu trabalhadora estudante a morar na residência universitária, ele jovem a viver sozinho e com um ordenado normal. Depois juntamos os nossos ordenados mas entre comprar casa, mobilar, e pagar um casamento o dinheiro não abundava. Oito anos de namoro e férias em casa a ver televisão e a ler livros (que já é bem bom). Um dia ele chegou a casa com uma lata grande e decidiu que a partir desse dia íamos obrigatoriamente meter 1€ cada um de nós, por dia, na lata. E se no fim do mês sobrasse mais qualquer coisinha podia ir para lá também. Desde esse dia não falhamos. Em seis meses tínhamos excedido as expetativas e tínhamos mais de 500€, porque às vezes em vez de 1€ lá ia antes uma moeda de 2€ ou nota de 5€, e assim aos poucos custa menos do que meter 40€/ mês de uma só vez.
E comprados bilhetes de ida e volta na Ryanair (para os dois) para Londres foram 35€. Mais quarto de hotel reservado por mim no booking.com para 5 dias ficou em 150€. Concluindo 5 dias maravilhosos em Londres ficaram por menos de 700€. E fomos porque arranjamos forma de poupar só para isso.
Desde aí é assim que temos viajado, com a ajuda da lata.

14 comentários:

A Minha Essência disse...

Boa! :)

Oh pá, nem vais acreditar mas, quando li este texto com um sorriso rasgado (recordações boas), pensei que eu fiz tanto isso...

Sem dúvida que é uma excelente ideia e prática! :)

Moa disse...

Eu ando a fazer essa da lata para a minha maquina fotografica nova. Há pessoas que não imaginam a quantidade de dinheiro que se pode poupar se todos os dias pusermos um bocadinho de parte!

Frutinha disse...

tambem tenho lata e aproveito os euros ou para o natal ou para um fim-de-semanazito. Agora com a situaçao da casa (andamos para constuir) ferias, ditas verdadeiramente ferias de momento é impossivel....
Depois os dois juntos, e a lata.. ehehe, conto fazer o mesmo que tu!

Mary Jane disse...

Oh, eu acho que sim :) A Ryanair também é a minha melhor amiga para viajar.

Isabel Lima disse...

Gostei de ler e é uma excelente ideia!
Ainda bem que foram poupando diariamente e colocando na latinha porque assim não tiveram de recorrer a nenhum empréstimo como muitos fazem para ir à Conchinchina e depois ficam endividados quando até podiam passar férias na praia/cidade que ficava a poucos kms.
Isso depois até se pode aplicar para outras coisas como pequenas extravagancias. Uma televisão ou um outro electrodoméstico que custe assim um bocado para o muito.

Framboesa (uma diva de galochas) disse...

Nós fazemos mais ou menos da mesma maneira:
Definimos um valor e pensamos: se este dinheiro desaparecesse fazia-nos falta? Só gastamos até ao montante em que a resposta seja "não".
Temos uma caixa das férias decorada com fotos de anos anteriores para incentivar a poupança.
Cidades europeias: vamos sempre dia 5, 6 ou 7 de janeiro, é das alturas mais baratas do ano.Agencias de viagens nem pensar para cidades! Marcamos no vueling, rumbo, booking...nem sempre as low cost são mais baratas!Este ano fomos para paris pela air france que era mais barata que todas as low cost a sairem de lisboa.

Resorts caraíbas: tentamos ir em maio; nunca em fevereiro ou agosto.Pedimos orçamentos a cerca de 60 agências de norte a sul do país.Faz-me confusão quem entra numa agencia e marca sem analisar o mercado...

Não gasto mt dinheiro em roupas ou em coisas desse tipo, mas em viagens tem sido o dinheiro mais bem empregado da minha vida...dá é uma trabalheira enorme pesquisar valores, fazer orçamentos...
:-)

btw: ja disse isto 1000 vezes: londres é a minha cidade favorita

Turista disse...

Querida Panda, é um bom método, sem dúvida para amealhar para as viagens e nem se dá por isso.
Ainda bem que fizeste este post, para alertar o quanto é fácil. :)

Charlotte disse...

Eu faço o mesmo que tu! No primeiro mês em que me surgiu essa ideia, fiz contas e tinha lá cerca de 150€! A partir daí ganhei o gosto e todos os dias é mais uma moeda para o mealheiro.*

Sílvia disse...

E é uma excelente ideia. Também tenho um porquinho onde vou metendo umas quantas moedas, e parecendo que não, até se junta bastante, neste momento devo ter uns 300 euros, pode não ser muito mas é alguma coisa que posso gastar num pequeno luxo. E sabe sempre bem ter assim uns trocos de lado :)

Bloguótico disse...

Basta puxar um pouquinho pela imaginação para se poder poupar sem, com isso, ficar privado de muita coisa...

... Aliás, hoje até no "crónica" poupei! :p

Dark angel disse...

Não tenho lata, tenho um porco. Mas como não há estipulado um valor mínimo, de vez em quando vou lá espreitar e só tem moedas de 5cts e 10. Porca miséria...

Just a Lady disse...

É uma óptima dica de poupança, parece que não mas poupa-se algum, basta fazê-lo :D
Beijinhos*

cell disse...

não tenho lata, tenho uma caixinha..mesmo sistema, mas não é para o mesmo fim..Mas é assim que se poupa!

Petra disse...

Uma óptima estratégia!