among us

terça-feira, 7 de outubro de 2014

Massagem


Lembram se de ter pedido contactos de massagistas?
Uma amiga recomendou-me uma, boa e barata, e hoje lá fui. Aqui, a pobretanas,  nunca tinha recebido uma massagem profissional,  de uma hora, com direito a música de passarinhos e tudo.
O mais perto que estou de receber massagens é quando suplico uma durante dias ao meu marido, e depois ele lá me aperta a pele com mais força junto ao pescoço durante 5 minutos, ao fim dos quais se diz cansado.
Ou então, quando a minha gata me apanha desprevenida e corre por cima de mim...ainda assim, melhor massagista que o meu marido.
E não me venham dizer coisas como: "O meu namorado faz-me todos os dias e faz bem!", eu também tive um namorado assim. Há 13 anos atrás, e agora é meu marido.
Bem, foi maravilhoso.
Da pontinha dos pés à pontinha da cabeça. Quando chegou às costas, única vez que interrompeu o silêncio, lá me disse: "Sabe que está cheia de contracturas?"

Sei, minha senhora. Ó se sei.

Sinto os nózinhos todos. Por isso estava desesperadinha por uma massagem. Quando saí de lá e entrei no carro perguntei ao marido porque é que cheirava ao frango. Pelos vistos, a franga era eu, por causa do óleo.
Recomendo. Se quiserem o contacto (é em Braga) mandem mail.

4 comentários:

Karina sem acento disse...

Umas massagens bem dadas sabem tão bem! Não consigo sempre, mas quando vou a Portugal tento aproveitar para ir a uma massagista que conheço que é fenomenal e não é nada cara.
Só de pensar... :)

S* disse...

Mas que maravilha... até ouço os ossinhos a estalar.

Miss Purple disse...

Até hoje também não recebi nenhuma massagem... nao é coisa que aprecie. Mas mais dia menos dias, terei de receber uma que isto aqui está tudo mais que tenso!

♥Cat disse...

Ai que bem que sabe!