among us

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Comer com os olhos


Daqui a dois dias fazem três anos que resolvi emagrecer. Tinha 85 kg, inscrevi-me no ginásio, viciei naquilo e lá para fins de Janeiro já tinha menos 20kg.
Toda a gente me dizia que eu devia andar a passar muita fome. Ainda hoje uma conhecida me disse isso: "quando perdeste aquele peso todo, passaste muita fome, não passaste???".
Não minha gente, mil vezes não.
E esse é o meu mal, se há pessoa que nunca seria capaz de passar fome sou eu. Na altura deixei de beber sumos, só bebia leite, água e chá. E tentava comer menos, eu costumo ir para a cama com um copo de leite com Nesquick e duas tostas mistas. Pronto, ia com o leite e duas torradas com manteiga... mas isso não é passar fome.
Agora que deixei o ginásio ainda faço exercício mas bem menos e como resultado voltei a engordar 8kg. E estou naquela fase em que sei que tenho de me pôr fina outra vez ou viro bolinha em menos de nada.
Mas se há coisa que eu sei é que eu nunca serei igual à jovem que ficou na mesma mesa que eu no casamento de Sábado passado. Elegante que só ela, e linda. Passou o casamento a penicar a comida. Chegou o bolo de noiva, assim todo de chocolate e ela recusou.
Enquanto eu e o meu marido comíamos (cada um a sua fatia) ela colou os olhos em nós. Quase lhe via a baba a escorrer. O meu marido deitou-me um olhar de soslaio, tipo: "olha-me essa".
Quando viemos embora comentámos um com o outro o quanto nos incomodou aquela cena. Ser elegante sim, mas minha gente privar-se de comer ao ponto de depois ficar vidrada noutras pessoas que o estão a fazer, é pá não!
Tanta gente a morrer de fome e eu vou recusar uma fatia de bolo de chocolate? Ou uma boa picanha? Ou feijoada? Ou almôndegas? Ou uma tosta mista com um copo de nesquick?
Eh eh eh
Estou lixada para emagrecer.

13 comentários:

Cafe Lisbonne disse...

;-)

*Lili* disse...

Realmente passar fome por opção é estupidez. Se uma pessoa tem vontade é favor de comer né? Olha que esta! Eu vejo a minha barriguinha a crescer mas enquanto me sentir bem com ela, como e ponto final. Assim que me sentir mal faço como tu ora ;) Beijoca*

Moa disse...

Eu não ligo nada a bolos nem doçarias...as pessoas tb podem pensar isso de mim quando veem que eu não como. Podia ser o caso...ou não :)

A Bomboca Mais Gostosa disse...

Pois, é um dos meus problemas. Eu tenho de me controlar bem na comida, e agora faço exercício, mas eu adoro comer, adoro, por isso é mesmo difícil privar-me de alguma coisa.

Frutinha disse...

Primeiro de tudo parabens!!! isso é que foi perder peso!!!

quanto à comida concordo contigo, em casa faço alguns cuidados no dia a dia, não bebo sumos e dantes bebia quase 1L por dia, e não como doces, porque acho que não tenho essa necessidade. Mas numa festa, numa saida, numa jantarada não me privo; ainda um fim-de-semana destes foi uma francesinha acompanhada com um belo vinho e ainda uma sobremesa!!!! se podia ter comido só uma saladA? podia..... Mas ando cá para viver, e não me custa NADA privar desse tipo de coisas durante a semana, já em dias especiais a coisa muda de figura :)

[DESABAFOS E COISAS]

Almond and Vanilla. disse...

Eu adooooro comer. Mas também não fico a cismar. Se quero comer como, depois corro mais para compensar. :D

Coquinhas disse...

Eu, felizmente, tenho tido uma genetica generosa até agora. Tirando a barriguinha sou uma pessoa magra. Mas, mesmo que não fosse, eu gosto tanto mas tanto de comer que não sei como seria. Acho que tudo deve ser na conta certa, como tu fizeste. Não passaste fome e emagreceste tanto...agora é manter sô dona Panda. Ai ai. Beijinhooo

Palavra Já Perdida disse...

Também concordo contigo.
Não se deve passar fome, quem o faz e burro.
Mais vale comer variadas vezes, já que é a maneira mais certa de emagrecer, do que fazer essas figurinhas...
Enfim!

*C*inderela disse...

O meu problema é não saber dizer não à comida. Não sou muito de doces mas quando me apetece não recuso :P

Almond and Vanilla. disse...

Já somos duas. Emagrecer sim,mas sem maluqices. Tudo a seu tempo. :)

Bianca disse...

As pessoas têm, de facto, a ideia errada que para emagrecerem têm que passar fome. Pelo contrário, têm é que comer mais vezes e menos de cada vez. Em relação ao casamento, é um dia de festa, por isso pode abusar mais um bocado! :)
Sou Nutricionista, se tiver alguma dúvida ou se precisar de ajuda, disponha! Beijinho e parabéns pelo blog*

Panda disse...

Olá Bianca,
De ajuda preciso eu mas não quero chatea-la com isso. Obrigada

Portuguesinha disse...

Talvez a moça estivesse sobre um regime rígido. Não quer necessariamente dizer que era anorexica e que se dava a rompantes de comer tudo e mais alguma coisa para de seguida ir regurgitar na sanita :)

Compreendo-te bem. Uma vez emagreci 10 Kg num ápice e tudo o que fiz foi apenas melhorar a alimentação - comendo o que me apetecia e largando o pão (que praticamente fazia parte de toda a refeição- era a refeição). Sandocas ao invés de outra comida para regressar rapidamente ao trabalho... esse estilo. Mas estava mais que FARTA. Depois só comia decentemente o dia todo ao regressar a casa, já muito tarde da noite. Por vezes até essas horas ficava de jejum. E ao alterar isso melhorei substancialmente.

O estranho é que há minha volta as pessoas comentavam, algumas invejavam, todas queriam saber o que tinha feito e eu não fiz nada! Só me alimentei um pouco melhor. Não passei fome, não cortei com nada. E no fundo é tudo o que basta. Agora estou com quase 80Kg e cada vez mais uma bolota porque os hábitos antigos voltaram com o estilo de vida que me "persegue". Mas sei que se pudesse voltar a ter o meu tempo para mim ia recuperar a forma mas também acho que jamais voltarei ao que um dia fui, porque a idade e as mazelas não o permitem nem desaparecem como se nunca tivessem cá estado. E não é suposto isso ser assim.

Desde que a pessoa se sinta bem, acho que pode ser magra ou gorda. Não devia era atingir patamares cujo risco para a saúde é elevado.

PS: as brasileiras tendem a emagrecer nas mesas de cirurgia. (post acima). A "magreza" de algumas delas é exagerada mas foi forçada nas máquinas ehehe:)