among us

domingo, 3 de abril de 2011

A leitura em dia #6

O livro mais brutal que li até hoje. Sabendo o que sei agora, voltaria a lê-lo? Não.
Não me interpretem mal, se calhar é o meu próprio trauma de infância, mas tudo o que mostra muita violência ou negativismo eu desligo ou paro de ler. Telejornal, filmes que tenham violações de mulheres, maus tratos a crianças, quando atingem um certo nível eu recuso a ver porque deixa-me mesmo abalada e para isso chegam as misérias do dia a dia. E por isso pensei em desistir de ler o livro logo nas primeiras páginas.
Pensar que aquilo provavelmente acontece a milhares de meninas por este mundo fora é algo transcendente.
Os pormenores com que descreve as violações que o pai lhe faz enojam quem tenha o mínimo de coração.
Li-o na esperança de ter um final feliz, que me deixasse mais tranquila, mas este não é um mundo justo pois não?

9 comentários:

Jóh disse...

não é mesmo...também li o livro e vi o filme. eu também fico muito perturbada com estas coisas, mas é bom que isto entre nas nossas cabeças: a vida nunca é justa, mas há muitas pessoas que passam vidas de inferno e nós nem nos apercebemos.**

coisas minhas disse...

empresta me AHHA:. eu sou igual a ti.. evito mm ver.. mete me confusao

S* disse...

Fiquei horrorizada com a brutalidade do filme.

Close up! disse...

Esse livro é bastante perturbador...assim como o filme!
Sou homem e até a mim me custou!

Dina disse...

Destes-me vontade de o ler ;)

M. disse...

A literatura também tem essa função...

Fiquei com curiosidade:)

Uma Rapariga disse...

Este não li...mas reconheço a sensação de que falas, li o 'Vendidas'...simplesmente horrível, já foi há bastante tempo mas não consegui recuperar, acho. Uma vez no supermercado uma mulher à minha frente na fila, tinha o livro na mão, e eu estive quase vai não vai para lhe perguntar se ela tinha mesmo a certeza que queria ler aquele livro!... :/

http://pt.livra.com/item/vendidas-zana-muhsen/8669802/

*C*inderela disse...

gostei de ler o livro porque abre-nos os olhos para a vida. apesar de sabermos que existe casos assim só quando le-mos/conhecemos casos veridicos é que ficamos deveras sensibilizados.

bjokas

Priscila disse...

eu já vi o filme e adorei...é uma historia triste mas ao mesmo tempo uma historia que tem um final feliz...amei