among us

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Filhos


Uma pessoa muitas vezes pensa e diz coisas e só depois reflecte sobre elas.
O meu desejo de ter filhos não é nada por aí além, sei que gostava de ter um, mas agora não, digo sempre.
Atendi um senhor de 86 anos e tentei de todas as maneiras explicar-lhe como funcionava um comando universal muito muito simples. Escrevi os passos todos direitinhos e a letras grandes numa folha A4.
Perguntei se não tinha um filho que o ajudasse. Não tinha.
Fiquei a pensar que era para isso que os filhos serviam. Para quando nós fizermos das coisas mais simples um bicho de sete cabeças, eles ainda estarem frescos.
Não só. Mas também.

8 comentários:

S* disse...

oh... bonito. :)

*Sininho* disse...

A solidão é uma coisa muito triste...

MAG disse...

Coitado do senhor´:( Mas também não nos podemos fiar, há para aí tantos senhores negligenciados pelos filhos. Ter filhos nem sempre é garantia.
Bjs

Panda disse...

Infelizmente MAG agora disseste a verdade.

Silvermist disse...

Estes casos são mesmo tristes :\ Há tantas pessoas idosas sozinhas por aí... Ninguém merece a solidão.
Beijinhos

Pimpinela disse...

pois... tbem servem para isso e outras coisas! Se derem valor aos pais idosos, claro está! ;)

Sonhadora disse...

Viver só deve ser das piores situações que podemos enfrentar... Muito mais quando as condições físicas e psíquicas não são as melhores. Mas infelizmente também os há que têm filhos mas não ligam nada aos pais... :(

Closet & Beauty disse...

Pois é Panda mas a verdade é que pior do que não ter um filho para ajudar, é ter um filho que não quer ajudar...:S e infelizmente esta realidade está cada vez mais patente na nossa sociedade...