among us

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Depressão

Levantei-me às 6h, fui a segunda a chegar ao Centro de Saúde, tive consulta às 8h30.
Fui à médica porque o período não me vem desde Novembro (costumo ser regular), estou SEMPRE cansada (costumo ser um poço de energia) e não me apetece fazer NADA (costumo, honestamente, ser a pessoa mais bem disposta que conheço). Fui à médica porque achei que tinha uma anemia. Que tinha de tomar ferro e tal, e ficava bem.
A médica fez-me as perguntas da praxe e depois pediu desculpas e perguntou-me como ia o meu casamento, respondi que ia bem, obrigado... "Então, é trabalho", disse ela. E depois passou-me um batalhão de exames que tenho de fazer, "para descargo de consciência", mas que, na opinião dela, tenho uma depressão. E quando ela me diz isso eu tive de aguentar as lágrimas com muita dificuldade. Lágrimas que me têm caído ao longo do dia.
Porque isso nem me tinha passado pela cabeça. Porque eu sou A alegre, A bem-disposta, A força da Natureza, A feliz. Mas assim que ela o mencionou, eu soube que era mesmo isso. Eu. Deprimida.
E como é que eu, pessoa que já passou por tanto tanto nesta vida, eu que já vi coisas que não consigo contar a ninguém, eu que já tive empregos realmente detestáveis, eu que já tive de contar moedas para ter o que comer e sempre passei por tudo bem... Como é que eu me vejo deprimida agora? Com tudo estável?
"É trabalho" concluiu ela, e acho que tem razão. Quis passar-me a baixa, para arejar a cabeça. Eu não quis. Então, a médica disse que quando tivéssemos o resultado de todos os exames logo se via.
Porque não há emprego, dinheiro, NADA, nesta vida que valha mais que a saúde.


15 comentários:

Cátia disse...

Eu tive uma depressão aos 18 anos. E basta ter uma depressão para ser susceptível de outras. Sinto-me a desgastar e já me vi mais longe de uma nova depressão. Por isso, sei bem o que estás a passar.

Frutinha disse...

Muita força é o que te posso desejar.
Também eu tive uma depressão diagnosticada e fui medicada durante um ano e tal. O mais triste, é que quando se soube no grupo de amigos e vizinhos e o raio a reacção era sempre "depressão?? mas porquê?? tens uma vida tão boa"

Pois, que para ter uma depressão a vida não precisa de tar a desabar. Basta um conjunto de situações. Também eu fui ao medico porque andava cansada, com insónias, com dor de cabeça, com vontade de tar quieta e sozinha. Vai-se a ver..... depressão.

Beijinhos e que tudo corra bem.
Vais ver que não tarda nada te sentes melhor.

O lado B da blogger feliz disse...

Senti cada palavra tua como se fosse minha, sei tão bem o que isso é. Não adianta dizer que "vai passar", é um processo gradual, lento, com muitos altos e baixos pelo caminho. Mas faz-se. E há dias em que conseguimos, mesmo, ver as coisas por um prisma positivo e, até, feliz.

Um beijinho **

R* disse...

FORÇA!!
Muuita muita força!
Sei bem do que falas.
Beijinho grande grande :)

Ana das Pontas disse...

Oh, a depressão não é uma doença que surja de repente, é um acumular de anos e anos. Se dizes que já passaste momentos muito difíceis, acredita que tudo isso contribui para este baque.

A mim foi-me diagnosticada depressao há coisa de 5 anos. A coisa já era de tal forma que tinha sintomas físicos, como falta apetite, vómitos, insónias,matraques de choro, falta de força, etc. Desde então que tomo anti-depressivos e, segundo já me foi dito, não os vou poder largar nunca mais, porque estive doente durante tanto tempo e em silêncio, que a coisa se tornou crónica.

Por isso cuida de ti e se for necessária baixa, força! Dizem que é a melhor baixa que se pode ter, porque somos obrigados a sair de casa. :)

Beijinho

Isa disse...

Se calhar por teres aguentado tanta coisa é que agiras estás assim... Mts vezes manifesta-se qd as pessoas finalmente têm a vida estabilizada! Mas não é o fim do mundo!!! Medicação certinha durante o tempo necessário, pensar positivo e redireccionar energias! Força e que corra tudo bem.

Diana Santos disse...

Muita força é o que te desejo :)

Panda disse...

Obrigada a todas. Isto é mesmo uma luta que se trava todos os dias...

Carla Alexandra disse...

Muita força, beijinhos

Bárbara Pereira disse...

Ola Querida,

Permites-me fazer uma sugestão?
Terapia de Reiki.

:)

Se quiseres podes contactar me através do facebook:
https://www.facebook.com/bemequero2015

Cuida de ti :)

Beijinho

Bárbara

Moa disse...

Força miúda! Já passei por isso há uns anos e só te posso desejar força, depende de nós sair do buraco. Beijo grande

Jo disse...

Muita força!!

Dina disse...

Muita força!

Panda disse...

Espero que andes melhor. Beijinhos

Panda disse...

Obrigada.