among us

terça-feira, 2 de outubro de 2012

O país que temos

Não há nada como precisar de usar o Serviço Nacional de Saúde para levar com uma dose de realidade do estado deste país. Eu tenho quase 28 anos e não vou ao médico desde criança. Sempre que estive mal foi o suficiente mal para me assistirem nas urgências.
Este ano resolvi olhar mais pela minha saúde. Inscrevi-me nos "Sem médico" em Braga só isso já foi um filme. Foi em Julho marcaram-me consulta para hoje. Entre outras coisas queria fazer o teste do "papanicolau" que nunca fiz e mudar de pílula pois tomo a mesma há 10 anos e ando com dores menstruais horríveis.
Hoje quando lá cheguei aquilo estava um caos. Paletes de gente. Não sei quê da taxa moderadora e quem queria continuar isenta tinha de ir lá esta semana pelos vistos, era povo por todo o lado. E não eram só velhos, era muito boa gente em boa idade de trabalhar, com bom corpo e roupas. Tudo "ai ai que eu não posso perder a isenção". Lá me chamaram à consulta, a médica é um amor de pessoa (a sério) mas que me diz logo que essas coisas não são com ela e que vá a sítio Z  marcar consulta de planeamento familiar. Passa-me análises mas até nem era preciso porque com 27 anos e o Estado a poupar, aquilo de se fazer check up anual passou à história (palavras dela).
Passa-me um TAC ao nariz porque eu à noite não consigo respirar mas tenho de passar lá daqui a 10 dias a ver se o director autorizou fazer o TAC. Por causa dos gastos.
Saio está uma cigana aos gritos com o resto do povo porque queria passar à frente que tinha muita canalha com ela e o resto do povo não concordou, claro, e pronto...
Vou ao sítio Z marcar a tal consulta, espero montes de tempo outra vez porque tem lá um cigano a armar barulho. Diz-me a senhora que vagas em 2012 não há e também ainda não têm agenda para 2013. Passe cá em Novembro.

Conclusão: vou fazer um seguro de saúde. Alguém me quer dar conselhos? Obrigada

12 comentários:

EscritaDela disse...

Não tenho dúvidas que é a melhor opção, mas também não sei dizer qual o seguro melhor/mais barato. Mas sei que as consultas normalmente não são muito caras e certos exames também compensa fazer pelo seguro. Claro que se paga um bocado mais, mas o atendimento e resultado final são muito bons e em menos tempo. Tens de pesar os dois lados :)

A Bomboca Mais Gostosa disse...

Infelizmente o que descreveste é nada mais, nada menos que o normal dos nossos centros de saúde. Eu evito a todo o custo ir a um, já sei que é esse o espectáculo deplorável que me espera.

Lelita disse...

Como eu percebo Panda. Também não tenho médico de família. O que me safa agora é que tenho um seguro de saúde do meu trabalho, não cobre tudo, mas mesmo assim já é uma ajuda.
O meu é Multicare, sinceramente não sei se é dos melhores, mas também não tenho hipóteses de fazer outro do meu bolso.

Alexas disse...

Acredita o Serviço de Saúde Nacional é do pior. Eu até hoje estou à espera de 1consulta de Planeamento Familiar para fazer outros e novos exames..mas ainda não tive a consulta pq... A medica adoeceu e logo não há ng para a substituir! porreiro não? Estou há 2meses à espera de 1consulta. Ás vezes penso se hei-de rir ou chorar!

Sílvia disse...

http://pensamentossemsentido.blogspot.pt/2012/09/se-nao-fosse-para-chorar-ate-dava-para.html

Nem de propósito escrevi o post e acredita está cada vez pior. Eu queria fazer exames de rotina mas mesmo que arranje uma consulta não me parece que o médico os vá passar. Uma tristeza...

Cláudia disse...

tirando a demora para conseguir uma consulta, mas ainda assim nunca costuma ser mais que um mês, não tenho mesmo razão de queixa.

A minha médica é cinco estrelas e no que toca a consultas de planeamento familiar, que também são com ela ainda é mais rápido. A última vez que fiz, ainda este ano, não demorou sequer quinze dias.

Não teres médico atribuído é mesmo o que está a piorar a situação.

Relativamente a seguros, tenho boas informações dos da allianz (um minimamente bom ronda os €400 anuais/sem estomatologia). Aconselho é a fugir da advancecare. são amis baratos mas depois estão sempre a arranjar desculpas para não comparticipar.

Joana disse...

Se fosse só o Serviço de Saúde :x

Palavra Já Perdida disse...

Pois..também quando lá ia, passava-me lá...
Desde que fiz o meu seguro, prefiro pagar mais e ir ao privado e depois mandar pró reembolso..sempre me devolvem qualquer coisa.

Fernanda disse...

O meu é Multicare e estoub super satisfeita. Nunca colocam algum problema em comparticipar. Não sei é se é dos mais baratos (por vezes o barato sai caro, pois tenho conhecimento que alguns seguros usam tudo e mais alguma coisa para fugirem às comparticipações, sobretudo no que respeita a exames e cirurgias).

*C*inderela disse...

Não te posso ajudar em relação ao seguro mas por aqui o centro de saúde até funciona razoavelmente.

na america profunda disse...

Fico muito triste ao ler este post, mas mesmo assim antes funcionar mal do que ser privado tu nao imaginas as fortunas que se paga aqui
bjinhos

Isa disse...

Fiquei estupefacta por teres 28 anos e nunca teres feito um papanicolau... Tenho 26 e já fiz varios.
Qt ao seguro de saude, também tenho um, advancecare, funciona muito bem e não é muito caro.
Quero fazer exames vou à medica ao consultorio particular e peço, vou mostrar tambem ao cunsultorio e só pago 15 euros pela consulta, sou atendida a horas e sem complicações.