among us

segunda-feira, 16 de julho de 2012

A história da minha vida:

partir dentes.
No primeiro post deste ano falei disso e até apostei com colegas quantos dentes partia ao longo deste ano. Detesto ter razão.
No Sábado à noite estava a jantar num restaurante na Apúlia e parti um dente a comer broa, daqueles atrás e vi logo que era um dos meus dentes mais problemáticos. Já o parti vezes sem conta. Não conseguia comer para aquele lado e passei o Domingo um bocado mal. Hoje de manhã ainda não eram 9h já eu estava à porta do meu dentista que tinha colado uma linda folha a dizer que estavam fechados para férias de 14 a 30 de Julho. A minha sorte!
Liguei à minha irmã, fui ao dentista dela, cheguei lá e ele só dava consultas da parte da tarde (vou trabalhar). Liguei a uma amiga fui à dentista dela e chegada lá o veredito foi ou gastar 500€ numa coroa ou arrancar o dente, já não dava para reconstruir. Arrancar então até porque é lá ao fundo, não se vê ao falar e sorrir e muito sinceramente estou fartinha dele.
Eu falei com Nossa Senhora ao arrancarem-me o dente, pedi por todas as alminhas, o sacana era só raiz e deu luta. Levei 2 pontos e parece que tenho um buraco negro na boca. Ainda sangra um bocado... as dores estão a voltar em força e hoje é dia de voltar ao trabalho depois de 2 semanas de férias.
Há segundas feiras fantásticas, não há?

5 comentários:

Palavra Já Perdida disse...

E com dores de dentes, ainda se tornam mais fantásticas :S
as melhoras querida ***

Chuva de Prata disse...

Que horror, foge. Ainda por cima tens de voltar ao trabalho... e as dores de dentes são muito más. Apetece tudo menos ir trabalhar...
Força e as melhoras.
Beijinho

*Lili* disse...

Opah isso é muito mau. Já tirei dentes do ciso e é uma dor insuportável , agora nem consigo imaginar como te deves sentir...ainda por cima sabendo que não podes ficar sossegadita em casa... É mau demais :(

Petra disse...

Ohh as melhoras!!!! grande beijo

S* disse...

Ai mulher, que incómodo...