among us

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Sabem quando se diz que só quando as coisas nos faltam é que lhe damos valor? Eu acho que isso também se aplica ao nosso comportamento. Quando temos alguma caraterística boa, seja a nível pessoal como profissional  (nós sabemos que a temos e os outros sabem que a temos) e em vez de se mostrarem gratos apenas se habituam a usufruir dela como se fosse um dado adquirido.
Explicando-me melhor, imaginemos que sou a pessoa que melhor bolos faz de entre todas as pessoas do meu dia a dia. E resolvo fazer um bolo delicioso todos os dias, e ao início todos os que me rodeiam me agradecem por poderem comer aquele pedacinho do céu que eu faço tão bem, mas algum tempo depois eles já sabem que vou fazer mais bolo e já não lhe dão valor. É o bolo, é bom como sempre.
E há sempre alguém que é mais mafioso e tal e começa a fazer negócio com o meu bolo. A vender umas fatias escondidas como se fossem dele, a ganhar lucro com isso quando sou eu que tenho o trabalho de o fazer.
Ora nesse caso eu seria uma burra se continuasse a fazer bolos, certo?
E agora que parei de os fazer pode ser que abram o olho. Espero ter sido clara. Tenho a certeza que vão haver pessoas a reconhecer-se neste texto. Embora eu nunca tenha feito um bolo na vida LOL acho que deu para perceber.

11 comentários:

Bloguótico disse...

Uma coisa te digo: até fiquei com fome! :p

Petit pain disse...

Essa metáfora está bastante boa! Acho que no mundo profissional há muitos cozinheiros de bolos e muitos mafiosos...

Nokas disse...

Agora fiquei com vontade de comer bolo :)

Luisinha disse...

Como eu te entendo!!! :(

Moa disse...

espero que tenha atingido quem era para atingir!

Floral Today disse...

Deu para entender, sim senhora! E é a melhor decisão a tomar.

Beatriz Esteves disse...

Entendo-te tão bem. Comigo são os colegas que tentam caçar os meus apontamentos das aulas LOL
Mas um pequeno reparo, nunca fizeste mesmo um bolo? :p

Violet* disse...

Concordo com a Nokas =)

gostei muito de vir conhecer o teu cantinho =) é giro =)

beijinho*

Petra disse...

Mas que boa metáfora rapariga!!! revejo-me em muita coisa... e olha que também ja parei de fazer alguns bolos........
Mas já agora Maria panda ha bolinhos tão fáceis de fazer..... beijão!

Panda disse...

Não sou uma pessoa de bolos caseiros, nem para comê-los.

Olívia Palito disse...

Que rica metáfora te foste lembrar, melheri! ;]]